Inspirar-Poesia, um segundo sopro

mulas urbanas...

Por Sueli Maia (Mai) em 2/28/2009
Sapatos sob encomenda, estavam os dois empacados na rua feito apóstolos renegados e perdidos. Um homem e uma mula, bêbados teimando em ficar. Ele etilicamente aguado ela, passivamente atingida por algum fenômeno de evaporação dos gazes, recusava-se a seguir. (A mula estava certa! Afinal o teste do bafômetro flagrou alguns desavisados no recente carnaval). Cena cômica de um filme. Um monólogo inteligível, fuso, difuso e confuso na desordem de um só ser que ordenava, perguntava e ele mesmo respondia, chorando diante da recusa displicente da companheira. Havia uma graça distante e distinta da degradação do Ser em cena. Era o humor inevitável das sóbrias verdades do discurso etílico de um homem indignado. E não se controla o riso diante do óbvio escracho governamental dos nossos dias. E era este o motivo alegado para a teimosia. A mula era contra o PT, dizia o homem (eu não gosto de discutir política mas uma louca me habita e tem vontade própria e quando se irrita fala de política, sim). Interessada nas cenas cotidianas eu apenas observava quando, de repente, a mula levantou e resolveu seguir. Estranhamente o homem olhou e disse: - Espera! Agora você vai me ouvir. Você tem essa mania de me deixar falando sozinho, publicamente. Você pensa que é assim? Levantar e ir embora? - Não me contive quando percebi que o homem, invertendo os papeis, sentou-se no asfalto e continuou a falar com a mula. E agora era a mula quem sorria...
.
...
...
Imagens Google
Música: João Bosco - Linha de Passe

26 comentários:

Café da Madrugada® Lipp & Van. disse... @ 27 de fevereiro de 2009 21:54

A mula cansou-se do falatório displicente. Se ao menos, ele tivesse sóbrio e respaldado em fundamentos...
De mula só o nome, aposto ela ser mais inteligente que o próprio dono! E ele... coitado! rs.

Luciene de Morais disse... @ 27 de fevereiro de 2009 22:43

Risível mesmo esse diálogo...
Fala_cala
Cala_fala
Os papéis se invertem, isso é real.
Beijoos

Gilbamar disse... @ 27 de fevereiro de 2009 23:04

Hilariante, e as fotos dão aquele toque palpável ao inteligente texto.

Uma cena digna das mais escrachadas comédias. Bravo!

Fraterno abraço de Gilbamar.

cau disse... @ 28 de fevereiro de 2009 00:38

aa mel dels, SO DE MULA MESMO!!!

paula barros disse... @ 28 de fevereiro de 2009 02:49

Seu texto sempre tem muitos a ser lido e interpretado.
Mas agora me lembrei de mim. As vezes fico igual a essa mula rsrsr

beijinhos.

Mateus Araujo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 04:00

Nossa!!!!
AGORA EU KI FIKEI PERPLEXO!
sakoskaskoaskaoksa
Tipo eu fikei super feliz quando acabei ela ..mais jamais imaginaría que podería ser tudo isso dae naum
sakoskaosaoksoaksoa
owww o que me move são essas pessoas como vc que me deixam super super SUPER SUPER SUPER SUPER SUPER SUPERRRR FELIZZZZ
eu sonho muito
e sonhar é achar que a gente um dia vai poder fazer o que sonhamos
e receber um elogio é ter a esperança desse poderrr e vc me deu muita esperança quando resolveu deixar este recado pra mim
*__________*
ow
nossA! de coração mesmo!
VAlewww *_*

[red]♥

Mateus Araujo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 04:01

ps.: a fotinha do burro é d+
hAHHAHAHAahehahaehaehaehaehae

Mateus Araujo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 04:04

aaAA
ps [2] .: eu to quase escolhendo letras depois desse recado!
skaoskaoksaksoaksaskoak
estou entre letras e música
tipo assim..letras eu adoro
e música eu sei d+
intao eh maix fácil passar em música mais estou estudando bem letras e se Deus quiser eu passo *_*
\o/
já te amo
sakoskaoskaksoak

bjim

Mateus Araujo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 04:05

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
ps [3] .:
eskecí de dizer que quando vi o tamanho do recado eu sai pulando aki no quarto
sakosakoskaosakoskaoskaksaoksoakoskaoskaoksa
BJo

Mateus Araujo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 10:14

aH eu estava falando assim pra demonstrar o tamanho de minha alegria, eu já estava pensando em fazer letras e não é prq recebi um elogico que derrepente eu vá e faça.... tenho os pés no chão sim e quando você me manda recados eles se firmam tanto que viram até cimento =P
oBrigado pelo apoio...
mesmo com as dificuldades tentarei escrever bastante :)
Bjimmm Maiii *_*

Mr. Ziggy disse... @ 28 de fevereiro de 2009 10:22

Querida Mai,
Achei de um extremo bom gosto você se valer do ridículo enquanto elemento estético no teu texto. Foi bem diferente do que costumo ler por aqui; mas caiu tão bem, que eu gostei.
Seres humanos e mulas. Às vezes se confundem e algumas vezes já parei pra refletir sobre isso. É tão lastimável que chega a ser engraçado.
O ridículo também faz parte de nós, que temos nossos tempos de mula.
Beijos!
Ziggy

Mateus Araujo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 10:25

Maaaiiii
to cum medo de por as poesias na internet e alguém roubá-las =/
será que devo parar?
=/
Bjo

Mateus Araujo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 10:33

OBs ao texto :
skoakosksoaskaoskoaksoakoskaoskaoskaoksoaksoaksoakokaokaoskaoskaoskaosa

Lipe M.T disse... @ 28 de fevereiro de 2009 11:40

EURITÃOALTOQUEASSUSTEIPPESSOAL...

Mas enfim...

As vezes tambem sou acometido de situações como essa...

Não, mas não com mulas...

E sim sapatos, cães, e tudo mais aquilo que teima em mau funcionar ou bem me contrariar...

Sem esquecer de dizer que...
Pingu apelidou-me de 'mula'...
O porque eu já nem me lembro mais...
Mas é isso...mula..isso que sou...rs...

Abraços...

Eu.

Multiolhares disse... @ 28 de fevereiro de 2009 11:48

Quando dois seres falam sem se entenderem,
quando cada um deles pensa ter razão e cada qual
puxa para seu lado, quando a teimosia impera,
existe um muro que os separa
beijinhos

Mateus Araujo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 12:10

o q???????????????
como és péssima em conselhos???
vou fingir que não li isto :)
Bom, anyway, continuarei escrevendo e escrevendo no blog para que todos possam ver, porque é assim que me sinto bem...escritor sem leitores é o mesmo que uma flor sem água...quem irá me regar pra eu continuar minha existência ??
...mas de qualquer maneira vou procurar um desses programinhas aee de CTRL+C e CTRL+V
:)
e outar coisa que me deixou bobo foi essa de vc não escrever nada:
Como aSSIM ?!?!?!?!?!?!?! O.O
vc é d+
aFE ¬¬
skaoksoak
vou te bater
skaoskaoks
agora sim vale o que assinou lá em baixo : Louca!
skaoskaoskaksa
brincadeira heim =P
BJo
vc me inspira !

FERNANDA & POEMAS disse... @ 28 de fevereiro de 2009 12:35

QUERIDA MAI, BELA ESCRITA, AS FOTOS UMA MARAVILHA... UM BOM FIM DE SEMANA... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

Beto Canales disse... @ 28 de fevereiro de 2009 14:00

legal

Luiz Gonzaga B. Jr. disse... @ 28 de fevereiro de 2009 17:02

Oi. Estive olhando: o meu blog, na sua lista está longe da derradeira posição, e da anti-derradeira também - se é que essa palavra existe.
Mas é que eu fico matutando um bom tempo antes de escrever, não sou daqueles que tem a escrita fácil, a minha escrita é, por assim dizer, um parto. Fico medindo as palavras, analizando e, aida assim, me sai algumas besteiras e erros primários de português.
Eu tento postar algo toda a semana, mas às vezes não dá: eu teclo do trabalho!!! (sim! sim! eu trabalho aos finais de semana também!!)
Mas obrigado pelos elogios, mesmo os implícitos, amanha talvez saia alguma coisa. E não deixe de postar seus textos pisicólogicos, pisicodélicos, pisiquiátricos...

Quanto a(s) mula(s), o tal do bêbado é uma desgraça!! Bebamos a isso!!! À desgraça dos bêbados, mas só dos bêbados gente boa!!
Tchau!

tossan disse... @ 28 de fevereiro de 2009 17:28

Moral da história: Qando um Burro fala Uma Mula escuta. Gostei! Bj

Alma Nua disse... @ 28 de fevereiro de 2009 18:02

...quem de vez em quando
não está na reprsentação
de mula, ou ébrio por aqui
neste planeta que se cercar
é um hospício, e se cobrir
é um circo?

bjs calorentos procê!

Osvaldo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 19:00

Oi, Mai;
Mas essa Mula de Burra não tem nada...
Não sei se a um certo momento os papeis se inverteram ou se na verdade cada actor tomou o seu lugar.
Esta tua (inteligente) crónica animal faz-me lembrar uma pintura de Ferdinand Hodler, o rapaz, o velho e o burro, que emprestamos ao Museu de Belas Artes de de um país aqui próximo que retrata essa situação...
bjs
Osvaldo

Mateus Araujo disse... @ 28 de fevereiro de 2009 19:13

viva os loucos ! \o/
skaosksok ;)

PALAVRAS AO VENTO disse... @ 1 de março de 2009 17:48

Alguma vezes tomamos o lugar dos ditos irracionais.
Adorei esse texto.
abraços

mateo disse... @ 4 de março de 2009 09:49

Os burros são sempre burros! Teimosos porque "pensam"... E quando pensam sai burrice!
Mais uma seta!
Livra!
Bjs

guru martins disse... @ 10 de dezembro de 2009 15:49

...simplesmente
muito bom!!!

bj

Postar um comentário

 

Seguidores

Links Inspirados